quinta-feira, 29 de julho de 2010

Pública - Como num filme sem um fim (2009)

Por muitos anos, eu vi o Rock nacional produzir muito pouco. Nos mais recentes então, quase não vi nada realmente bom, a ponto de situar entre as listas mais memoráveis. Mas os gaúchos da Pública surgiram para que eu  felizmente e finalmente pudesse me contradizer no quesito "qualidade no Brasil".

Com um som místico e harmonias complexas, "Como num filme sem um fim", segundo álbum do quinteto, apresenta-nos características pra lá de alternativas, lembrando-nos sempre o tradicional Indie Britânico, mas claro, com toques absolutamente próprios e originais.

"O quarto das armas", abertura do disco, faz de forma minusciosa e até metafísica, uma sutil crítica por sobre o conceito do "mais do mesmo". Seu riff inicial já sobrepõe a temática misteriosa e em partes sua letra compõe-se com um ar meio infantil - traços esses marcantes e existentes ao longo de todo o disco.

Destaco também "Sessão da Tarde", com seus arranjos fundamentais e sua letra fantástica. Essa união harmoniosa faz-nos emocionar a alma, posto que tal obra quase que estimula-nos o dom de querer sonhar.

E, mais do que lendária, "Luzes"  fecha um álbum para ser memorável. Mais uma vez de forma filosófica, a letra vem a transmitir um intra-pessoal inteligentíssimo, numa melodia fenomenal. Todos os pouco mais de 6 minutos da faixa são encantadores, viciantes e empolgantes, mesmo que passando por interlúdios pouco menos impactantes, muito embora densos em equivalência. Fabulosa faixa!

Você, leitor, pode esperar o máximo da Pública, um quinteto com excelentes profissionais da música, em todo e qualquer sentido em que se busca analisar.

...
O Álbum:

1. O Quarto das Armas - 4:03
2. 1996 - 3:26
3. Canção do Exílio - 4:46
4. Casa Abandonada - 3:23
5. Vozes - 2:29
6. Sessão da Tarde - 3:26
7. Há 10 Anos ou Mais - 3:12
8. Como Num Filme Sem Um Fim - 3:57
9. Último Andar - 4:24
10. O Justiceiro - 4:13
11. Luzes - 6:45
...
Download
senha (e créditos): britpoint

...

2 comentários:

Lorde Vazquez disse...

Não vou baixar, esperarei até a segunda-feira gloriosa. :B
Mas já escutei, e garanto: é apaixonante.

Go go go Sobretons!!!

(Se você desistir novamente, eu te soco, Vinícius. Promessa!) >(

Vinícius disse...

EIHWIHIHE,
agora vou tentar manter uma regularidade, prometo !